Câmara de São Luís aprova cessão de uso para construção de Centro Integrado de Segurança

0
Comentários

 

Em breve a população do município de São Luís irá poder com um prédio que irá abrigar O Centro Integrado de Segurança Pública, sediando os órgãos ligados as áreas municipal de estadual. Para tanto, o plenário da Câmara Municipal aprovou, na manhã desta segunda-feira, (13), o projeto de lei nº 149/16, de autoria do Poder Executivo Municipal, que “autoriza a Prefeitura a firmar termo de concessão de direito real de uso de bem público pelo prazo de 20 (vinte) anos, com o governo do Estado do Maranhão”, determina a matéria.

A urgência da aprovação da proposição foi feita em regime de urgência foi solicitada pelo líder do governo no Legislativo Ludovicense, vereador Pavão Filho (PDT), tendo como voto contrário apenas o do também parlamentar Francisco Chaguinhas (PP), que questionou o pedido da liderança governista.

Pavão Filho explicou que no imóvel em questão funcionou a Secretária Municipal de Saúde, e com a mudança para a nova sede o mesmo sem ficou sem destinação. O mesmo argumento foi corroborado pelo vereador Isaias Pereirinha (PSL), acrescentando que o local serve para a prática de atos de vandalismo e provoca um clima de insegurança para a população e para quem transita pela área.

No futuro Centro Integrado de Segurança, segundo informou Pavão Filho serão sediados diversos setores ligados as Secretarias de Estado e Municipal de Segurança, “além de se tornar um equipamento necessário para o combate a insegurança em nossa cidade, sem contar que o pedido e a aprovação desse projeto se trata de uma parceria que tem esta Câmara Municipal com a prefeitura e com o governo do Estado”.

A matéria foi aprovada por praticamente todos os vereadores presentes no plenário do Legislativo São-luisense, exceto o voto contrário do vereador Francisco Chaguinhas, e por sua vez, o presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), fez questão de agradecer os votos de todos os vereadores, destacando que o colega que havia se manifestado contra também irá colaborar com mais essa ação para o bem estar da população e do município.

Texto: Alteré Bernardino

___________________________________________________________

Espaço de lazer e interação é pauta

encaminhada por Edson Gaguinho

A pedido das comunidades Nice Lobão, Epitácio Cafeteira e Pavão Filho, o vereador Edson Gaguinho esteve na manhã da última sexta-feira reunido com moradores destas áreas. A principal pauta foi a implantação de um espaço público de lazer e interação social, no bairro da Janaína, que atenderá a todas as comunidades acima citadas.

Segundo o parlamentar, essa reivindicação é louvável e possibilitará a integração da comunidade e estimular a prática de atividades de esporte e lazer ao ar livre, de maneira gratuita e nas proximidades de casa.

“O nosso mandato popular sempre esteve e sempre estará a serviço do nosso povo, e por estar a serviço que fomos procurados por essas comunidades, e de imediato fui ao encontro delas. Estarei entrando com um requerimento na Câmara Municipal de São Luís, solicitando ao prefeito Edivaldo a implantação de uma praça nessa localidade. Tenho certeza de que o executivo municipal irá atender a nossa reivindicação”, disse.

Texto: Davi Max

_____________________________________________________________________

Fátima Araujo e comunidades realizam

audiência pública com a Caema

Moradores dos bairros Vila Lobão, Residencial João Alberto, Pirapora, Santo Antônio e Jardim Conceição participaram de uma audiência pública com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), Davi Telles. O evento foi realizado na U.E.B Thomaz de Aquino Andrade, na Vila Lobão, pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB) em parceria com o Programa Água Para Todos, do Governo do Estado. A reunião serviu para tarar dos problemas de abastecimento de água nas comunidades.

Durante a audiência, os moradores expuseram os problemas existentes nas localidades para o presidente Davi Teles, que se comprometeu em atender as reivindicações dos moradores.

Segundo ele, a nova adutora do Sistema Italuís vai trazer uma contribuição de água maior para os bairros e um poço será perfurado, de maneira complementar, em um terreno do Residencial João Alberto.

Para a vereadora a Fátima Araújo, audiência pública é importante para as comunidades, porque traz a elas a oportunidade de expor os problemas existentes para os órgãos competentes.

“Estou fazendo o meu papel como vereadora em aproximar o Executivo da população. Tenho certeza que os problemas expostos pelos moradores nesta reunião serão solucionados com rapidez pelo órgão competente”, disse Fátima.

Os moradores e líderes das comunidades saíram satisfeitos da audiência, pois tiveram a garantia que o abastecimento de águas será regularizado nos bairros.

“A reunião trouxe a certeza de que o Governo tem interesse em solucionar a falta de abastecimento das nossas comunidades”, declarou Benedita dos Anjos, moradora do bairro Pirapora.

Seja o primeiro a comentar em "Câmara de São Luís aprova cessão de uso para construção de Centro Integrado de Segurança"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*