Comunista recebe unção em evento evangélico, depois de se esbaldar no carnaval; já Edivaldo não quis nem saber da festa profana que patrocinou

0
Comentários

O governador Flávio Dino(PCdoB) chegou ao evento dos evangélicos  na Praça Maria Aragão debaixo de um “toró” daqueles. A convite do prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior(PDT) ele participou ativamente da agenda do de enceramento do “Ora São Luís”, – evento que celebra  encerramento do retiro dos  evangélicos durante o carnaval.

Se não fosse essa imagem do governador orando e sendo abençoado pelos pastores evangélicos junto com o prefeito da capital,  que é crente fervoroso – tudo teria passado  despercebido.

Não vejo nada demais alguém fazer um gesto de respeito ao ambiente sagrado que participa. Quer dizer que um católico não pode orar?. E vice-versa?

Governador ao lado de Astro de Ogum – encerramento do carnaval de São Luís

Ontem o governador participou do encerramento do Carnaval de São Luís. Uma festa profana patrocinada pelo governo comunista e pela prefeitura. Já o prefeito Edivaldo Holanda Júnior passou longe da festa profana que ele mesmo patrocinou.

 

Seja o primeiro a comentar em "Comunista recebe unção em evento evangélico, depois de se esbaldar no carnaval; já Edivaldo não quis nem saber da festa profana que patrocinou"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*