Distribuidores de água mineral denunciam ao MP má qualidade de garrafões

0
Comentários

Em audiência hoje dia (09), em seu gabinete, a competente e eficaz promotora de Justiça de Defesa do Consumidor de São Luís, Lítia Cavalcanti, recebeu distribuidores de água mineral da capital, todos com uma queixa em comum: o péssimo material dos garrafões de água que vêm das fábricas.

O distribuidores levaram as amostras de garrafões que comprovam a péssima qualidade dos plásticos, que podem prejudicar e até contaminar a qualidade da água dentro desses recipientes, ocasionando riscos às pessoas que ingerem os produtos comercializados.

As fábricas citadas pelos distribuidores como suspeitas de estar oferecendo um recipiente reciclável e de péssima qualidade, inicialmente, são cinco: H2O Empresa de Mineração Ltda (endereço: São José de Ribamar), Florata, Costa Ind. e Comércio de Plástico Ltda (endereço: São José de Ribamar), SIPLAST – Florata, Fábrica de Garrafões Mar Doce (endereço: Paço do Lumiar), Zarplast Ind. e Comércio de Embalagem Plástica Ltda. (endereço: BR-135 – Pedrinhas) e R e C PET (endereço: EST.MA 230,5, KM 05).

Amostra de recipientes frágeis e de péssima qualidade

A promotora também solicitou a presença do diretor técnico do INMEQ-MA, Zóis Gantzias, como órgão fiscalizador da qualidade do material citado, que se prontificou em formar uma força-tarefa e garantir o bom estado e qualidade do material.

Em tempo: a promotora Lítia Cavalcanti, com uma atuação exemplar, mostra e demonstra como o Ministério Público pode ser atuante e eficaz em prol dos direitos adquiridos pela população. Se grande parte dos promotores do Maranhão tivessem a garra e a força de vontade da promotora, talvez muitas injustiças seriam evitadas em nosso estado.

Seja o primeiro a comentar em "Distribuidores de água mineral denunciam ao MP má qualidade de garrafões"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*