Eleições 2016: Sem projeto de poder para o PSDB, Brandão implanta de vez a “cultura de vice” no partido

A executiva do PSDB do Maranhão trabalha contra o crescimento do partido no Estado. O presidente estadual, Carlos Brandão, e do municipal de São Luís, – Pinto Itamaraty, vêm operando para os tucanos não terem nome na disputa majoritária pela Prefeitura de São Luís na eleição desse ano. Na visão deles é melhor  trabalhar os projetos pessoais de cada um do que correr o risco de disputar a eleição numa cabeça de chapa.

Neto e Castelo foram preteridos pro uma vaga de vice na chapa de Eliziane

Neto e Castelo foram preteridos por uma vaga de vice na chapa de Eliziane

Brandão e Pinto(a dupla) vem articulando dia e noite para o partido apoiar a deputada federal Eliziane Gama(PPS) em detrimento de nomes com viabilidade eleitoral como Neto Evangelista e do próprio João Castelo. Nos bastidores da política já tem gente que se arrisca a dizer que o PSDB do Maranhão caminha para ser igual ao PT no Estado. Um partido covarde e sem projeto de poder.

Neto que foi vice de Castelo. Pinto e Brandão acham melhor ser vice de Eliziane

Neto, que foi vice de Castelo. Pinto e Brandão acham melhor ser vice de Eliziane

Na visão do vice-governador Carlos Brandão é melhor implantar de vez na legenda da cultura de vice, do que correr algum risco. Com a permissão do leitor para fazer um trocadilho infame.  O PSDB do Maranhão que já cantou de galo em São Luís, nessas eleições vai se reduzir a pinto.

Be the first to comment on "Eleições 2016: Sem projeto de poder para o PSDB, Brandão implanta de vez a “cultura de vice” no partido"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*