Feirinha São Luís fortalece a produção agrícola da capital, 7ª edição acontece neste domingo (23)

O cenário histórico da Praça Benedito Leite recebe a 7ª edição da Feirinha São Luís neste domingo (23). O evento da Prefeitura de São Luís tem auxiliado no escoamento do cultivo e produção principalmente dos produtores familiares rurais, como é o caso do Edson Almeida de 47 anos, da comunidade Matinha do Maracanã, ele aprendeu o ofício da agricultura com seu pai, quando ainda era criança, no interior do Maranhão, e agora pode vender o produto direto para o cliente na Feirinha, por um preço justo.

“Estamos aguardando a melhoria do clima, e até dezembro vamos aumentar a produção em 90%, agora temos os kits de irrigação que foi dado pelo poder público. Com a Feirinha estamos tendo aumento na renda e mostrando a força da produção da zona rural da nossa capital, que pode ficar cada vez melhor com esse tipo de incentivo”, afirma Edson, que tem orgulho do seu trabalho.

Além de Edison, outras 24 famílias de produtores familiares rurais participam da Feirinha São Luís, expondo seus produtos e subprodutos. “Tudo que conquistei na minha vida até hoje foi através da agricultura, sempre em busca de adquirir mais conhecimento e capacitação na área, através de cursos, que geram base para aperfeiçoar a produção”, fala com otimismo o produtor rural.

O titular da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues, que coordena o projeto da Ferinha, destacou que o principal objetivo da Feirinha é exatamente a  divulgação e comercialização da produção agrícola familiar da capital. “Unimos diversos produtos e setores, para poder estimular a produção da nossa zona rural e consolidar um projeto de sucesso, que causa surpresa à cada edição pela quantidade crescente do público”, disse o secretário.

ATRAÇÕES 

Com uma proposta diferenciada, a Feirinha São Luís acontece aos domingos desde junho, sempre de 7h às 15h na Praça Benedito Leite, com um público cada vez maior, o ponto de encontro de amigos e familiares é bem policiado, e tem movimentado também o turismo na capital.

A comercialização dos produtos da agricultura famíliar é o foco do projeto, mas não é o único atrativo para quem visita o espaço. As apresentações culturais também estão presentes em todas as edições da Feirinha. Nesta 7ª edição, quem promete agitar o público é a já tradicional Banda da Feirinha, que começa a tocar às 8h, seguida da Banda do 24º BIL. Às 10h tem o som do projeto Café com Vinil, trazendo o melhor da bossa nova, com Dj Juan Rodrigues, na sequência, às 11h Boi brilho da Ilha. Ao meio dia entra o Cacuriá da Vila Goreth, que segue às 13h com Quadrilha Flor da Amizade, encerrando com forró pé de serra da Kambada do Forró que entra ás 14h.

As 25 barracas de comidas são um dos pontos mais movimentados do projeto, que além dos tradicionais beijus recheados, pasteis com caldo de cana, juçara com camarão, tortas salgadas, bolos, caldos, geleias, biscoitos e tudo que o paladar desejar, tem ainda o espaço dos food trucks, que à cada edição vem somando ao espaço, com pamonha, hambúrguer, bebidas artesanais, pizzas, wraps, açaí e outras delícias que valem à pena conferir.

Como se já não bastassem todas essas opções de dar água na boca, um dos pontos altos do evento é a Barraca do Chef, que nessa edição traz o jovem Felipe Marques da Cozinha Guidô, com um menu recheado de delícias como costela no barbecue de acerola, feijão tropeiro, purê, chips de macaxeira, além de hambúrgueres gourmets.

Participam da Feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

A iniciativa tem apoio do Governo do Estado, e reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Citelum e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras e a Arquidiocese de São Luís.

Seja o primeiro a comentar em "Feirinha São Luís fortalece a produção agrícola da capital, 7ª edição acontece neste domingo (23)"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*