Investimentos realizados nos JEMs 2016 têm resultado positivo

0
Comentários

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e lazer (Sedel), realizou, na Escola de Governo, o Congresso de Encerramento da 44ª edição dos Jogos Escolares Maranhenses – JEMs 2016. Durante o evento, que contou com a participação de secretários municipais de esporte e lazer, equipe técnica da Sedel, técnicos, árbitros, gestores escolares e atletas, foi realizado o faz balanço dos investimentos realizados nos JEMs 2016, bem como discussão de melhorias para o projeto JEMs 2017.

Pelo segundo ano consecutivo, os JEMs contaram com a maior participação já registrada na história dos jogos. Nesta edição, integraram os jogos 84 municípios, 1.600 escolas e 75 mil alunos em etapas municipais, regionais e estadual. Nas Paralimpíadas Escolares Maranhenses – ParaJEMs 2016, competição que acontece paralelamente aos JEMs, estimulando a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas envolveu 04 municípios, 09 escolas e 70 alunos.

No encontro, os ParaJEMs foram apontados como uma das melhores políticas públicas já articuladas no estado do Maranhão. O projeto estimula a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as escolas do território maranhense, promovendo ampla mobilização em torno do esporte.

 Investimentos nos JEMs

Durante o Congresso, o diretor-geral dos Jogos Escolares Maranhenses, Sandow Feques, destacou os investimentos realizados pelo Governo Flávio Dino para melhorar, sobretudo em qualidade, a maior competição estudantil do estado. Neste ano foram organizados três grandes centros de alojamento para vivências dos atletas maranhenses: o Parque Folclórico da Vila Palmeira, o Estádio Castelão e o Centro Social dos Servidores do Maranhão (Ipem). Os espaços foram preparados para alojamento e concentração dos atletas, além de permitir a troca de experiências.

Outro ponto positivo analisado no encontro foi o cuidado do Governo com o bem-estar e a qualidade de vida dos atletas. No período da competição, a Sedel assegurou toda estrutura de alimentação para os atletas. O refeitório, localizado no Parque Folclórico da Vila Palmeira, ofereceu café da manhã, almoço e jantar. A alimentação balanceada foi acompanhada por uma equipe de nutricionistas. Ao todo, a Sedel ofereceu mais de 28 mil refeições. Para os jovens, técnicos e representantes dos municípios alojados nos centros de vivência, foram disponibilizados veículos para auxiliar no transporte com mais conforto e segurança.

Para garantir o bom condicionamento físico dos atletas participantes dos JEMs, o Governo do Estado montou uma Clínica de Fisioterapia, localizada no Ginásio Castelinho, com equipamentos modernos e especialistas da área, visando oferecer o suporte necessário aos alunos que disputam os Jogos Escolares. A Sedel realizou, também, o “Agita JEMs”, projeto que contou com vasta programação de passeios no Centro Histórico de São Luís, Palácio dos Leões, Igreja da Sé, Espigão Costeiro, Lagoa da Jansen e tour nas praias de São Luís, que levaram lazer e cultura aos atletas do interior no período em que não estavam nas competições.

O Agita proporcionou também atividades educacionais e de recreação, como atividades recreativas, aula de zumba, basquete, dama, dança, dominó, jogo de botão, futebol, pebolim, peteca, travinha, tênis de mesa, vôlei e xadrez. Na hora do almoço teve a rádio “Agita JEMs”, no comando de animadores da Sedel, que levaram alegria e promoveram a interação entre alunos. Mais de mil atletas, de 46 municípios, visitaram pela primeira vez o Estádio Castelão e assistiram ao jogo do Moto Clube e do Sampaio Corrêa.

 Apoio aos atletas

Para participar dos Jogos Escolares da Juventude, nas etapas infantil e infanto, realizados em João Pessoa/PB, a Delegação do Maranhão contou com o apoio do Governo do Estado. Nesta disputa, o governo ofereceu 368 passagens aéreas e seis ônibus para os estudantes. Na etapa infantil, a Delegação conquistou cinco medalhas: uma de prata e quatro de bronze. Já na etapa infanto, os maranhenses faturaram sete medalhas: duas de ouro, três de prata e duas de bronze.

Nas Paralimpíadas Escolares, realizadas em São Paulo/SP, os atletas do estado receberam o incentivo do governo com o apoio de 84 passagens aéreas. Em São Paulo, os paratletas do Maranhão alcançaram 29 medalhas: sete de ouro, 13 de prata e nove de bronze. Melhor atuação do Maranhão em uma competição nacional.

“O Maranhão é um estado com excelentes paratletas. É perceptível a evolução e a superação dos alunos em relação às edições anteriores. E neste ano, a atuação deles nas provas evoluiu de forma satisfatória, superando as nossas expectativas”, enfatizou a secretária-adjunta de Esporte Educacional, Joslea Rodrigues.

Seja o primeiro a comentar em "Investimentos realizados nos JEMs 2016 têm resultado positivo"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*