Nova fase do ABC Cerrado do Senar atende produtores maranhenses

A segunda fase do programa ABC Cerrado encontra-se em andamento desde março passado, quando o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), deu início à mobilização de produtores rurais  nos municípios de  Vargem Grande, Tuntum, São João dos Patos, São Domingos do Maranhão, Sítio Novo, Pastos Bons, Itapecuru, Timbiras, Coroatá, Esperantinópolis, Lago dos Rodrigues e Santa Luzia.

Essa fase envolve a participação dos produtores rurais no processo de capacitação na tecnologia de Recuperação de Pastagens Degradadas, ofertada pela entidade por meio de  turmas formadas por 20 alunos, com 56 horas-aula, divididas em quatro módulos, com conclusão prevista para meados de julho.

O programa ABC Cerrado é uma iniciativa do Ministério da Agricultura e Embrapa e  é financiada pelo Programa de Investimentos em Florestas, do Banco Mundial, disseminando  práticas de agricultura de baixa emissão de carbono, e tem o caráter de sensibilizar  e estimular os produtores rurais a investirem na propriedade a fim de que obtenham retorno econômico,  com a preservação do  meio ambiente.

Dia de Campo

O Senar  é parceiro desse empreendimento e desenvolve o projeto ABC Cerrado no bioma cerrado dos estados de Minas Gerais,  Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Maranhão, onde está previsto a capacitação de 320 produtores.  Em todo o país, duas mil  novas vagas  serão ofertadas  este ano. Para participar, basta acessar o site www.senar.org.br e fazer a sua inscrição.

Incentivo a produção

A entidade é  responsável por disseminar junto aos produtores rurais a  tecnologia ABC de incentivo a produção agrícola sustentável, por meio de cursos de capacitação e assistência técnica e gerencial, que trazem como principais benefícios,  o aumento na oferta de alimentos, a diversificação da geração de renda no campo para homens e mulheres e a  preservação do meio ambiente.

O projeto prevê ainda ações voltadas para a prática das tecnologias aplicadas nas capacitações,  ao final de maio e junho, respectivamente, nas regiões de Bacabal e Colinas, cujo objetivo é demonstrar as tecnologias de produção com baixa emissão de carbono e foco na recuperação das pastagens degradadas.

Na  primeira fase do  programa ABC o Senar/MA realizou 26 capacitações em 23 municípios maranhenses, atingindo as metas estabelecidas  pelo projeto. Dos produtores capacitados, 398 são atualmente atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), sob a coordenação de dois supervisores e 20 técnicos de campo.

Seja o primeiro a comentar em "Nova fase do ABC Cerrado do Senar atende produtores maranhenses"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*