Preocupado com a reeleição, Flávio Dino nomeia um sarneisista no governo e um “articulador” político para Região Tocantina

0
Comentários

O governador Flávio Dino(PCdoB) parece que começou a fazer política, preocupado  com a sua reeleição em 2018. Ao nomear um secretário que tem laços histórico com o Grupo Sarney  e um interventor em Imperatriz demonstra que acordou para o vale tudo na aquisição de partidos e partidários.

O vereador Pedro Lucas(PTB) é filho do deputado federal Pedro Fernandes(PTB).  O pai tem relações umbilicais com o Grupo Sarney. Pedro Lucas  foi nomeado para a recém-criada Agência Metropolitana, órgão que vai comandar o projeto ousado de metrópoles da Região da Grande São Luís. Composta por 13 municípios ninguém duvida da força politica dessa projeto.

Na mesma canetada o governador nomeou o ex-vice governador Pastor Porto(PPS). Dino anda em  desvantagem na Região Tocantina  depois que perdeu a eleição para o delegado Assis Ramos(PMDB). Quem pretende disputar uma releição majoritária não pode deixar o governo  sem um sem link  com a classe politica da região. Pelo fato da sonolência política peculiar do novo articulador não se sabe até ponto o pastor vai dar conta dessa missão.

Em tempo – Sua candidata Rosângela Curado(PDT) ficou em terceiro lugar na eleição de prefeito. O Pastor Porto é uma semente que os comunistas querem plantar com o objetivo de ocupar um vácuo  na cidade deixado  por Márcio Jerry(PCdoB) quando foi o homem forte na gestão do ex-prefeito Jomar Fernandes(PT).

 

Seja o primeiro a comentar em "Preocupado com a reeleição, Flávio Dino nomeia um sarneisista no governo e um “articulador” político para Região Tocantina"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*