Senar e Governo discutem assistência técnica para execução no ‘Mais Produção’

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar),  acaba de lançar na sua página, (www.senar-ma.org.br), edital para contratação de técnicos de campo na forma de pessoa jurídica que atuarão na atividade de assistência técnica  e gerencial no âmbito da parceria Governo do Estado e Senar, por meio do programa ‘Mais Produção’, junto às cadeias produtivas do arroz, horticultura, carne e couro, leite e aquicultura.

72d8f4f6-d3db-43c3-845f-a0cadf7989d5As atividades relacionadas ao programa serão coordenadas pela equipe técnica desta entidade a partir do mês de agosto, com atendimento a 1.550 propriedades em todo o Maranhão, com supervisão do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento, (Sepab).

Para dar andamento aos termos da parceria, discutir o edital,  planejar as ações e conhecer melhor a metodologia do programa Assistência Técnica e Gerencial, (ATeG), a diretoria do Senar,  representada pelo presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão, (Faema), Raimundo Coelho e pelo superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, ofereceram  ‘Café da Manhã’, na sede da entidade.

f7839816-7e23-4bee-ab35-05c9b9ec9297Também participaram gerentes e assessores do sistema Faema/Senar,  o secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e  Aquicultura, (Sagrima), Edjailson Souza, bem como o adjunto da Secretaria da Indústria e Comércio, Lúcio Maia e ainda, a coordenadora da Sepab, Rosany Aranha, assessores e técnicos envolvidos.

Os representantes do governo abriram o evento destacando  a iniciativa do Senar  com programas de excelência que atendem o setor rural do estado. Já em sua explanação, o gerente de  ATeG, Epitácio Rocha,  destacou a metodologia da assistência técnica que será executada  nas propriedades em questão, com destaque para a contratação de profissionais, enquanto que Luiz Figueiredo falou das ações e programas ora desenvolvidos destacando o ABC Cerrado e ATeG.

“É importante essa aproximação entre os gestores do programa Mais Produção e o Senar, para que todos tenham o mesmo entendimento de como será conduzido o processo de  assistência técnica e gerencial, ficando mais fácil e claro para ambas as partes, os objetivos propostos”, disse Epitácio Rocha, ao término de sua apresentação.

Mapito

Para Coelho, a  expectativa é a melhor possível. “ Até porque nós já obtivemos sucesso nas mil propriedades que aplicamos essa metodologia no Mapito e já estamos iniciando a execução do programa ABC Cerrado. O que esperamos é que  com todas essas propriedades assistidas e com os produtores capacitados,  tenhamos  resultados positivos tanto em produtividade quanto em renda”, ressaltou ele.

Para Rosany Aranha, a reunião serviu para que todos os envolvidos no programa  pudessem conhecer cada detalhe do trabalho que  já encontra-se em desenvolvimento.

“O Senar já tem a expertise  em capacitação, principalmente em se tratando de capacitação de produtores rurais. Baseado nisso é que está sendo conduzida esta parceria, e com isso, esperamos atingir o nosso objetivo  que é qualificar os produtores rurais  que trabalham com as cinco cadeias envolvidas para alcançarmos no final, o nosso objetivo que é  alavancar a produção no estado”, disse ela.

Be the first to comment on "Senar e Governo discutem assistência técnica para execução no ‘Mais Produção’"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*