Wellington discute captação de investimentos da China para o Maranhão

0
Comentários
O deputado Wellington do Curso (PP) junto com a Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa discutiu a criação da frente parlamentar Brasil- China juntamente com autoridades, empresários e sociedade civil em Audiência Pública realizada na última sexta-feira (9), no Centro de Convenções da cidade de Imperatriz.
O objetivo foi discutir a captação de investimentos da China para o Maranhão, bem como firmar acordos de cidades e estados irmãos: Brasil – China, com o apoio do Ministério das Relações Exteriores.
A audiência pública foi fruto da viagem feita no mês passado à China, onde o deputado Wellington do Curso juntamente com parlamentares de outros estados brasileiros e de representantes de mais 60 países, conheceu as potencialidades daquele país e, principalmente, verificou que a China tem interesses em ampliar investimentos no Brasil, em especial na região Amazônica.
“A participação da Assembleia Legislativa, neste momento é de suma importância, principalmente por que existe a possibilidade de fomentar, juntamente com os demais deputados, a criação da Frente Parlamentar Brasil – China”, afirmou Wellington do Curso, que representou o Maranhão na Missão Internacional na China.
Ao agradecer a presença de todos, Wellington do Curso falou do carinho que tem pela cidade de Imperatriz e afirmou que na Assembleia Legislativa tem um só objetivo que é trabalhar pelo povo. Ele lembrou que no Congresso Nacional já existem temáticas voltadas para a captação de recursos, mas, no Maranhão, não existia essa discussão.
“Nós precisamos criar na Assembleia e nas prefeituras da região tocantina mecanismos para fomentar legislação que possa facilitar a vinda de investimentos para o Maranhão. As oportunidades surgem e nós temos que está preparados”, acentuou o deputado.
Ao afirmar que a China tem interesse em investir no Brasil, em especial, na região amazônica, Wellington do Curso enfatizou que 63% do Maranhão faz parte do território amazônico.
“Eu acredito no Brasil; eu acredito no Maranhão. Cada um de nós pode dar a sua contribuição, principalmente nesse momento que o país vive. Tem um país que tem potencial e tem interesse de investir no Maranhão, mas nós temos que nos capacitar. Não podemos baixar a cabeça. A viagem que fiz à China me abriu os olhos e aguçou a minha curiosidade em trazer essa discussão para o nosso Estado. Não estou fazendo nada de forma isolada, estou aqui representando a Assembleia Legislativa”.
Frente Parlamentar Brasil – China
Na ocasião, o deputado Wellington afirmou que nesta terça-feira (13) vai dar entrada ao Projeto de Resolução Legislativa propondo a criação da Frente Parlamentar Brasil – China.
“Nós precisamos ser protagonistas; precisamos dizer que temos interesse em trazer investimentos para o Maranhão. Juntos nós podemos alavancar a economia do nosso Estado. Aqui em Imperatriz, precisa ser a porta de entrada, principalmente, pelos atrativos da região”, disse ele.
Ele também lembrou que no Senado Federal e Câmara dos Deputados já foi criada a Frente. “Essa discussão no Maranhão está adormecida. Nós precisamos propor e facilitar. É essa discussão que faço para o governo do Estado, a Assembleia Legislativa, as prefeituras municipais e câmaras municipais. Temos que está preparados e o Estado do Maranhão é imprescindível que traçamos metas para receber os investimentos”, argumentou Wellington, destacando a importância da uniao de todos para a captação de negócios.
Também participaram da audiência Pública o vice-prefeito de Imperatriz, Luís Carlos Porto que representou o prefeito Sebastião Madeira; o presidente da Associação Comercial de Imperatriz, Hélio Rodrigues; e o diretor da Associação Comercial de Imperatriz, Atenágoras Reis.
Também presentes André Luís Santos Souza, sub-oficial da Marinha, representando o agente da Agência Fluvial da Marinha de Imperatriz, Adriano Alves; o capitão Maycon Nunes, representante do comandante do 3º Batalhão; Joé Silva da Costa Júnior, representante do comandante do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Wilni Barbosa, vereadores da região, empresários e demais convidados

Seja o primeiro a comentar em "Wellington discute captação de investimentos da China para o Maranhão"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*