Nem Governo e nem ZEMA – quem determinou a volta da produção da Alumar foram os preço das commodities internacional de alumínio…

Nem Governo e nem ZEMA – quem determinou a volta da produção da Alumar foram os preço das commodities internacional de alumínio…

Com o anúncio da volta da linha de produção da Alumar essa semana – logo os políticos se aproveitaram para ser o ‘pai da criança’. A guerra se deu entre o governo neo-socialista  Flávio Dino(PSB) e o senador Roberto Rocha(sem partido). Pelo lado do governo se sabe que não teve nenhum tipo de incentivo fiscal oferecido.

Governo não deu nenhum tipo de incentivo para a volta da produção da Alumar…

E pelo lado do senador – ainda é muito prematuro dizer que a ZEMA(zona de exportação do Maranhão) tenha tido alguma influência na volta da ativação da linha de produção da empresa. Como defende o senador que a empresa estaria preocupada com a instalação de empresas ‘fabricantes de panelas’ ao seu redor, na área do Distrito Industrial .

A Alumar nunca teve preocupação com instalação de empresas no Distrito Industrial. Não seria agora…

A Alumar produz lingotes de alumínio para o mercado internacional. Está instalada na Ilha de Upaon-Açu há 37 anos.

Quando a Alumar(Alumar-Alcoa) encerrou parte das suas atividades de produção de alumínio em 2015, demitindo cerca de 650 funcionários –   foi porque naquela conjuntura econômica, produzir no Maranhão para o mercado internacional era inviável.

Com a volta da linha de produção cerca de 2600 empregos serão gerados novamente..

O consórcio Alumar- Alcoa tem plantas de fábricas de alumina instalada em vários países, dependendo do custo de produção internacional da commodities do produto eles fecham ou abrem unidades.

Empresa deixa um rastro de contaminação com lama tóxica na área de manguezal…

 

Quem regula o mercado é o preço de commodities internacional. Quando chegou a São Luís, nos anos 80 a empresa ganhou 30 anos incentivos fiscais do Estado(Governo João Castelo).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *