“A louca do Rangedor” – deputada pede intervenção no Maranhão,  tendo como base um “documento fake” da polícia

Em discurso na tarde desta segunda-feira (23), a deputada Andrea Murad (PRP) comunicou que protocolou representação na Procuradoria Geral da República, “denunciando o conteúdo de documentos do Comando de Policiamento do Interior sobre o suposto monitoramento de lideranças de oposição ao governador Flávio Dino (PCdoB)”.

Segundo a deputada, o memorando encaminhado a todos os comandos de Policiamento de Área, divulgado na imprensa, “revela o uso da estrutura do governo para benefício de um único partido, um único pré-candidato ao governo”.

O governador Flávio Dino usou as redes sociais para falar sobre o pedido de
intervenção federal orquestrado pelo clã Sarney/Murad.  O governador  Flávio Dino se manifestou através das redes sociais .

“No esdrúxulo pedido de intervenção federal, demonstra insatisfação contra a Polícia que tirou São Luís das 50 cidades mais violentas do mundo, acabou com o caos em Pedrinhas, reduziu os crimes violentos. Sarney não deve
gostar desses êxitos”, continuou o governador.

Governador foi mais além.
“Recentemente a Polícia do Maranhão desmontou uma quadrilha de
contrabandistas de ‘alto escalão’ que movimentava milhões de reais. Então por
‘coincidência’ surgiram vários factoides contra a Segurança Pública”, Finalizou

 

Be the first to comment on "“A louca do Rangedor” – deputada pede intervenção no Maranhão,  tendo como base um “documento fake” da polícia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*