Ação social na Ceasa encerra comemoração de 2 anos do Banco de Alimentos do Governo do Estado…

Ação social na Ceasa encerra comemoração de 2 anos do Banco de Alimentos do Governo do Estado…

Para encerrar as comemorações dos 2 anos de funcionamento do Banco de Alimentos foi realizada, nesta sexta-feira (25), uma ação social na Ceasa, local onde funciona o Banco. O evento teve oficina Chefe’s Mirins (Educação Alimentar para crianças); Ação de Saúde com Aferição de Pressão Arterial, Teste de Glicemia, Orientação Nutricional, Orientação Social, Vacinação H1N1 e Teste Rápido de Covid19, entre outros.
O Banco de Alimentos é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), através da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan). A ação teve a parceria da instituição Uninassau.
Márcio Honaiser participou da ação
Durante o evento, o titular da Sedes, Márcio Honaiser, reforçou a importância do Banco de Alimentos, que com a colaboração de parceiros, leva alimentos saudáveis a mais de 50 entidades.
“Estamos finalizando as comemorações de 2 anos de funcionamento do Banco de Alimentos, oferecendo o curso de Chefe’s Mirins para a criançada aprender o preparo de uma alimentação saudável. Também aproveitamos o momento para realizar algumas ações com o público da Ceasa, como a realização aferição de pressão arterial, testes de glicemia e orientação nutricional. É mais uma atividade que o Banco de Alimentos tem feito, ajudando as pessoas principalmente neste momento difícil da pandemia”, explicou o secretário, que ressaltou ainda que o Banco será ampliado para acomodar melhor as doações recebidas e desenvolver outras atividades no local.
Na oportunidade, a secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvídia Caldas, destacou que a realização de atividades como essas agregam novas parcerias.
“Com a ampliação do Banco e a chegada de novos parceiros vamos alcançar mais famílias em situação de vulnerabilidade social e essa ação de hoje vem nos mostrar que estamos no caminho certo, com atividades voltadas para toda a comunidade em torno do Banco de Alimentos”, comentou Lourvídia Caldas.
Ação
Durante o evento, foram oferecidos: oficina chefes mirins, com educação alimentar para crianças; oficina sabores e saberes, abordando alimentação saudável e aproveitamento integral dos alimentos para as crianças da escola Comunitária Eugênio Pereira, do município de Paço do Lumiar.
Um dos participantes dos Chefes Mirins, David Arraes Goes, achou importante participar da oficina, porque teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre alimentação saudável, além de aprender receitas que ele mesmo poderá fazer daqui para frente.
A representante da Uninassau, parceira da Sedes/Banco de Alimentos, Laiane Souto, falou da participação da instituição no evento.
“Este é um momento muito prazeroso que vem contribuir com a troca de conhecimentos entre alunos, professores e beneficiários. Agradecemos à Sedes pelo convite para participar desta ação”, disse.
A ação contribuiu para que os trabalhadores da Ceasa pudessem fazer testes com maior comodidade, foi o caso do encarregado de transporte da Terra Nordeste, Joubert Valentin.
“Gostei muito de participar dessa ação social aqui no Banco de Alimentos. Muito importante, principalmente, para aqueles trabalhadores que não tem condição de custear alguns exames. Estou muito satisfeito”, disse.
Banco de Alimentos
Desde a sua inauguração, o Banco de Alimentos já arrecadou mais de 500 toneladas de alimentos junto aos 74 parceiros do projeto. Aproximadamente, 9 mil pessoas e mais de 50 instituições foram beneficiadas com a distribuição dos mantimentos.
“Nesses dois anos, o Banco de Alimentos vem fazendo a diferença na vida de milhares de pessoas, oferecendo segurança alimentar e nutricional para as famílias em situação de vulnerabilidade social. Além disso, a ajuda dos nossos parceiros na realização dessas atividades fortalece ainda mais nosso trabalho”, disse a coordenadora do Banco de Alimentos, Daniella Arraes.
Instalado no Centro de Distribuição de Hortifrutigranjeiros (Ceasa), em São Luís, o Banco possui equipe de nutricionistas, técnicos e demais profissionais que fazem a coleta, seleção, processamento e distribuição de alimentos que são captados junto à rede de doadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *