Boa Notícia – jornalista Douglas Pinto revela cura após Covid-19

Boa Notícia – jornalista Douglas Pinto revela cura após Covid-19

Por Zeca Soares

O jornalista Douglas Pinto, repórter da TV Mirante segue em recuperação domiciliar após ser diagnosticado com a Covid-19. Ele já cumpriu o período de quarentena e já está curado da doença.

Douglas contou em entrevista ao Ponto Final, na Rádio Mirante AM, com Jorge Aragão detalhes do drama que passou e lamento a demora para a divulgação do resultado do exame.

“O problema é que a gente demora muito a saber o resultado do exame. Mas graças a Deus eu estou curado. Eu não tenho mais um sintoma do vírus, eu já cumpri a quarentena e hoje tenho ainda uma tosse que estou tratando com xarope”, explicou.

Douglas Pinto revelou os sintomas que teve e a preocupação que aumentou pois toda a sua família (os pais e o irmão) também acabaram contraindo o vírus.

“Eu comecei a apresentar os sintomas no dia 8 de abril. Eu comecei a sentir uma febre, após uma dor de cabeça, tudo muito leve, mas ao dormir foi aumentando. Na madrugada eu já não conseguia nem levantar. Comecei a tomar a medicação e durante 4 dias, veio a tosse seca, coriza e diarreia também. No quinto e sexto dia eu tive uma dificuldade de respirar. Eu sentia um cansaço. Mas eu tive asma quando fui pequeno ai vem aquela dúvida. Mas conversava com os médicos infectologias e continuava em casa, pois o quadro não era ainda o de ir para um hospital. Fui me tratando em casa com paracetamol e azitromissina, vitamina C. Infelizmente aqui em casa todos acabaram contraíndo, embora eu tenha saído de casa para não passar a doença para os meus pais. Mas o resultado demora tanto que quando saiu o resultado eu já estava cumprindo o último dia do isolamento social. Graças a Deus que meus pais estão bem, inclusive a minha mãe que sofre de vários problemas de saúde vinha tomando alguns remédios que reforçam a imunidade e isso acredito que ajudou bastante pois ela está bem e está está cumprindo hoje o último dia da quarentena. No meu caso, o mais grave que eu tive foi a falta de ar mesmo. A minha mãe teve uma recaída no início da segunda semana, mas reagiu bem e está bem agora, também aqui em casa. A pior fase passou sem maior gravidade”, contou.

O jornalista disse não saber como contraiu o vírus e reforçou a necessidade das pessoas permanecerem em casa.

A gente não imagina onde pode ter contraído o vírus porque está espalhado, por isso é muito importante as pessoas terem todo o cuidado e se protegerem. Quando eu estava trabalhando tinha todos os equipamentos (máscara, luvas, alcool em gel) e tomava todas as medidas de preocupação. O  irmão dele, que é policial militar, também teve o vírus mas está curado. Toda a minha família pegou a doença, mas teve essa chance de cura, infelizmente o nosso amigo Roberto Fernandes não teve essa chance. Mas é o momento das pessoas evitarem todo tipo de reclamação e que se protejam dentro de casa.

Martin Varão

Martin Varão

Martin Varão é técnico agrícola e eletrotécnica pelo IFMA. Graduado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão. Começou a trabalhar profissionalmente em 1992 na Tv São Luís/RedeTv. Depois passou por emissoras como Tv Difusora/SBT, onde exerceu as funções de repórter, editor-chefe e apresentador do Maranhão Rural por 10 anos). Na Tv Cidade/Record foi editor-chefe, repórter e apresentador do Programa Maranhão Empreendedor. Mantém o blog desde novembro de 2012. Contato: zap (98) 98470 0727

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *