Eleições 2022 – O perigo da polarização para quem disputa cargo majoritário…

Eleições 2022 – O perigo da polarização para quem disputa cargo majoritário…

O post é uma constatação, mas também uma provocação. Em todos os tempos nunca o Brasil sinalizou para uma disputa tão polarizada como a eleição presidencial de 2022 entre o ex-presidente Lula(PT) e o atual presidente Bolsonaro(sem partido).

A polarização esquerda x direita é excelente tanto para Bolsonaro como para o candidato do PT. Mas para quem disputa cargos majoritário de governador ou senador nos estados  pode ser um desastre.  Parece óbvio, mas a polarização divide votos na soma geral da eleição nos estados. E cria – logo de cara, uma rejeição automática e perigosa.  Ganha muito mais quem se mantém distante desse fogo cruzado.

Nesse jogo estão, o atual governador comuna-socialista Flávio Dino(PSB), e o atual senador Roberto Rocha(sem partido). Esquerda x direita  podem se encontrar na disputa por uma das vagas para o senado. Roberto abraçou o presidente Bolsonaro e Dino o ex- presidente Lula. Os dois já levam na bagagem uma rejeição na casa dos 50%, herança maldita da polarização. Não é atoa – que no desenrolar da conjuntura, correm sério risco na eleição para a câmara alto do Congresso Nacional.

?????????

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *