Hildo Rocha “foge” da votação da Câmara que defende prisão em segunda instância

O deputado federal Hildo Rocha(MDB) do Maranhão foi um dos ausentes na votação do grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que analisa o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. Com ausência do parlamentar maranhense  facilitou a vitória dos deputados que são contra prisão em segunda instância.  Com a votação foi retirada   do projeto nesta terça-feira o trecho que formaliza em lei que o réu seja preso depois de ser condenado em segunda instância. Por sete votos a seis, a maioria dos integrantes do grupo entendeu que esse tema deve ser tratado por meio de Proposta de Emenda à Constituição (PEC),e não por projeto de lei. O pacote ainda será analisado pelo plenário da Casa e, depois, pelo Senado. 

Be the first to comment on "Hildo Rocha “foge” da votação da Câmara que defende prisão em segunda instância"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*