IPTU PMSL

SEMOSP

Presidente do Sistema Faema-Senar e diretores da Aprosoja agradecem a Flávio Dino pelo apoio do governo durante a paralisação dos caminhoneiros

Presidente do Sistema Faema-Senar e diretores da Aprosoja agradecem a Flávio Dino pelo apoio do governo durante a paralisação dos caminhoneiros

O presidente do Sistema Faema-Senar, o engenheiro agrônomo Raimundo Coelho(PDT), em conjunto com os diretores da Aprosoja-Ma estiveram visitando o governador Flávio Dino(PCdoB) para agradecer todo apoio recebido do governo durante a paralisação nacional dos caminhoneiros.

Idealizado para alavancar a produção agrícola no estado, nos últimos três anos, o Mais Produção chegou a mais de 170 cidades maranhenses, levando ações para estimular 11 cadeias produtivas prioritárias como a avicultura e hortifrúti.

“Das cadeias que o Governo priorizou, estamos fazendo esse trabalho com cinco delas, com 1.550 proprietários”, informou o presidente da Faema/Senar, Raimundo Coelho.

Governador com diretores da Aprosoja e a direção do Sistema Faema-Senar

“Na cadeia de hortifrúti, tivemos aumento de 109% da produtividade. Produtores que antes tinham prejuízo hoje têm lucros graças à transferência de tecnologia que o Governo está levando”, completou o presidente.

O Mais Produção é um dos programas de incentivo à agricultura realizado por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima).

Ações anticrise

O presidente também elogiou a postura do Governo do Estado ao lidar com a crise federal de combustíveis: “Essa postura foi muito importante, foram medidas de quem está preocupado com o estado”.

O secretário executivo da Aprosoja, Sérgio Delmiro, também elogiou a postura e aproveitou a ocasião para buscar soluções para os efeitos das paralisações nacionais, que têm gerado acúmulo da produção de soja e dificuldade de escoamento.

“Buscamos principalmente formas de resolver o problema logístico que foi criado e também tratamos de outros temas, e o governador foi muito atencioso, nos trouxe soluções e acredito que todos os encaminhamentos foram dados”, disse.

Para ele, o apoio à agricultura dado pelo Governo é o atual diferencial do Maranhão: “Hoje nós temos um apoio bem grande do Estado, que tem procurado encarar o agronegócio como parte do Maranhão, tendo um olhar diferenciado. E temos gostado bastante de como as coisas tem acontecido aqui”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.