Incompatibilidade – como a militância atropelou a gestão…

Incompatibilidade – como a militância atropelou a gestão…

A ficha de Flávio Dino(PSB) começa a cair. O desgaste monumental do aumento dos combustível caiu no seu colo. O comportamento do titular do executivo do Governo do Maranhão nos últimos dias tem mostrado que ele  foi atingido em cheio.

Duas coisas são incompatíveis: gestão e militância. Nos últimos três anos o governador tem dado mais atenção a críticas, as ações do Governo Federal do que propriamente dita o que interessa de fato ao povo do seu Estado. A prova de tudo isso é o assunto da sua rede social, 99% das suas postagens  no Twitter dizem respeito ao presidente  Bolsonaro(sem partido). Como gestor de um estado pobre como o Maranhão  só mesmo um governador militante é capaz cometer um desatino de fazer oposição ferrenha a União.

Ou faz gestão ou militância politica…

E aqui não se trata de compactuar com os erros e acertos do presidente da republica na gestão que faz. Por mais que pacto federativo imponha divisões e responsabilidades, a gestão é compartilhada. É assim que a população enxerga.

A prova de tudo isso é o desgastes dos aumentos dos combustíveis que o governador militante não teve mais como esconder e jogar toda culpa no Governo Federal.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *