Dino convoca reunião de emergência e novas medidas restritivas devem ser adotadas na Grande Ilha de São Luís…

Dino convoca reunião de emergência e novas medidas restritivas devem ser adotadas na Grande Ilha de São Luís…

Após conseguir no Supremo Tribunal Federal (STF) decisão obrigando o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a custear o pagamento para abertura no Maranhão de novos leitos de UTI para tratamento do novo coronavírus, o governador Flávio Dino (PC do B), nesta segunda-feira (01), convocou uma reunião de emergência com o objetivo de discutir a adoção, ou não, de novas medidas restritivas para tentar frear a proliferação da Covid na Grande Ilha de São Luís e em Imperatriz.

O encontro, marcado para acontecer às 17h no Palácio dos Leões, reunirá os prefeitos Eduardo Braide (São Luís), Júlio Matos (São José de Ribamar), Paula da Pindoba (Paço do Lumiar) e Eudes Barros (Raposa); o prefeito e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier; o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Lourival Serejo; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Raimundo Nonato Lago; o procurador geral de Justiça, Eduardo Nicolau; o retiro da UFMA, Natalino Salgado; além do defensor público geral, Alberto Bastos.

“Ainda não há decisão sobre Lockdown estadual. Contudo, prefeituras tem competência para decretar medidas preventivas nos seus territórios, à luz da realidade local. Amanhã irei reunir com demais Poderes e convidei municípios da Ilha e Imperatriz, onde ocupação hospitalar é maior”, disse o comunista.

Dino também anunciou o aumento da frota do transporte público semi urbano como forma de evitar aglomerações.

Nos bastidores da Secretaria de Estado da Saúde, já são dadas como certas o retorno o trabalho remoto nas repartições públicas estaduais e suspensão das aulas presenciais na rede privada de ensino da capital.

Um toque de recolher, com horário marcado para as 23h, através do qual estabelecimentos comerciais terão que fechar as portas, também é outra medida que deverá ser adotada.

Em Imperatriz e na Grande Ilha de São Luís as taxas de ocupação de leitos de UTI para Covid continuam em alta.

Na cidade da região tocantina é de 96,36%, de acordo com boletim epidemiológico atualizado divulgado pela SES.

Na região metropolitana é de 86,98%.

O Maranhão possui 219.307 casos de pacientes que testaram positivo para doença.

5.052 pessoas faleceram e 204.268 conseguiram se recuperar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *