São Luís terá barreiras de testagem após registro de ‘cepa indiana’…

São Luís terá barreiras de testagem após registro de ‘cepa indiana’…

De O Estado

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou ontem um plano de testagem em massa nos principais pontos de entrada e saída da capital maranhense como forma de ampliar a possibilidade de identificação de novos casos da variante indiana da Covid-19.

Os seis primeiros casos da nova cepa foram registrados na semana passada, todos em tripulantes do navio chinês MV Shandong Da Zhi, fundeado na costa maranhense. Um dos infectados segue internado, em estado grave, em hospital da rede privada da cidade

O novo esforço de testagem começa após a entrega, pela Ministério da Saúde, de 600 mil novos testes rápidos para não coronavírus.

“A testagem vai acontecer nos pontos de saída da cidade: portos, aeroportos, ferrovias, rodovias. Mas, também, nos nossos centros de síndromes gripais leves e nas nossas unidades básicas de saúde. Por isso estamos anunciando uma testagem em massa”, disse.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve pessoalmente em São Luís, para acompanhar a entrega dos testes, ainda no domingo, 23. O ministro disse que o aumento será de 5% em relação ao montante já previsto. Essas doses serão distribuídas às cidades de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar.

“Teremos 5% a mais de vacinas, isso soma aproximadamente 300 mil doses nesse primeiro momento. Além disso, o Ministério da Saúde vai entregar aos secretários 600 mil unidades do teste rápido para que consigamos diagnosticar esses casos e, eventualmente, identificar essa variante indiana”, afirmou.

Além disso, a capital e cidades vizinhas receberão cerca de 300 mil doses a mais de vacinas contra a Covid-19.

“Ontem eu conversei com o prefeito Eduardo e ele fez um pleito muito justo que era ampliar a cobertura de vacinas na capital e cidades da ilha e isso foi acatado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, disse Queiroga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *